S'il vous plaît sélectionner un continent près de chez vous:

 

Resistência de invólucros soldados de embalagens flexíveis


Especificação

Tube seal 2

Sendo uma marca mundial, fabricando produtos para as indústrias cosmética, doméstica, de cuidados de saúde e alimentar, é vital para a Reckitt Benckiser, anteriormente SSL International, tomar medidas para de forma crítica avaliar e garantir a qualidade dos produtos. Isto inclui também as embalagens envolvidas na produção e a integridade do produto a longo prazo.

O uso de embalagens flexíveis, fabricadas com invólucros soldados exige a realização de testes de validação para definir e estandardizar a resistência dos invólucros e a consistência, a nível geral, da fabricação das embalagens. Invólucros de fraca qualidade podem resultar em fugas do produto, devido a deformações causadas por problemas de produção e manuseamento incorreto.


Os especialistas de controlo de qualidade da Reckitt Benckiser tinham de efetuar vários testes, incluindo testes de força de compressão, em determinadas formas de embalagens plásticas flexíveis. Isso tinha de ocorrer nas células de fabricação, para controlar os testes de verificação no processo.

Solução

Tube seal 1

Mecmesin forneceu 4 sistemas de teste MultiTest 2.5-xt controlados por tela tátil, célula de carga S-beam e uma sonda de compressão fabricada especificamente para o efeito.


Após a produção, uma amostra é colocada na placa base do sistema de teste. O teste de compressão é selecionado e iniciado através da interface do usuário, com apenas dois cliques na tela tátil.
À medida que vai baixando, a sonda de compressão aplica uma taxa constante de força sobre o centro da amostra, introduzindo, assim, um aumento gradual da pressão sobre o invólucro soldado.

A Reckitt Benckiser avalia amostras a dois níveis de força, verificando a integridade dos invólucros a 60kgf e 100kgf. O comportamento das amostras é observado na tela ?em tempo real?, sob a forma de gráfico e, em seguida, é guardado. Isso, em conjunto com a proximidade do ponto de fabricação, permite avaliações rápidas e eficazes da qualidade de diversas amostras em qualquer período de tempo determinado. A Reckitt Benckiser usou inicialmente o MultiTest-xt para determinar referências de qualidade, através das quais a companhia pode, agora, rapidamente identificar amostras "fora da tolerência", através de resultados com codificação de cores

 

Testemunho

Factory floor

"O novo sistema xt é simples e suficientemente robusto para utilizarmos num ambiente de produção, ao mesmo tempo que nos permite obter a informação de que necessitamos. Sendo um sistema completo, foi fácil integrá-lo em nosso sistema de garantia de qualidade. A informação que recebemos permite-nos evitar a ocorrência de problemas antes que possam afetar a qualidade, com muito menos esforço do que anteriormente. Isto significa que temos menos desperdício, maior eficiência e podemos passar mais tempo a fazer os nossos produtos."
William Thorley, Engenheiro de projetos

Reckitt Benckiser PLC